Notícias

Mathias Bertram indica cedência de prédio da Escola João Reis ao Codepin

Outras 06/07/2018
Mathias Bertram indica cedência de prédio da Escola João Reis ao Codepin
Fotos: Jacson Miguel Stülp Texto: Jacson Miguel Stülp Jornalista - MTb/RS 9.692 Assessor de imprensa | Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul

O vereador do PTB, Mathias Bertram, ingressou na Câmara com uma indicação ao Executivo, para que as instalações da Escola João Reis, em Linha Linheiral, que se encontra desativada, seja cedida ou doada ao Conselho de Desenvolvimento de Pinheiral (Codepin). A escola foi motivo de polêmica no ano passado, quando o Executivo, tinha a intenção de doar a estrutura para a Guarda Municipal.

Segundo o vereador, a Escola Municipal de Ensino Fundamental João Reis foi criada pelo decreto 1801, em 18 de maio de 1978, sendo que sua atuação foi extinta em 12 de junho de 2008. A viabilização da construção da escola somente ocorreu devido à doação da área pelo morador Benno Antônio Reis, que não foi ressarcido pela transação da área, segundo os familiares. A formalização foi documentada através de contrato de compra e venda.

“Benno tinha o único desejo de fomentar a educação com a construção de uma escola local e principalmente contribuir com a comunidade em que estava inserido”, destaca o vereador.

Em meados de 2015, a estrutura que foi desativada em 2008, recebeu investimentos do Poder Público, dentre eles a reforma na estrutura predial, construção de academia ao ar livre, playground (pracinha para as crianças) e campo de futebol, entre outras melhorias.

Como atualmente o local está sem uso e a comunidade está buscando um espaço adequado para a prática de esportes, reuniões comunitárias e até mesmo para lazer, Mathias apresenta a indicação para que seja doada ou cedida a área para o Codepin, para o fomento das atividades em benefício da comunidade.

Bertram relata que o Codepin foi fundado em 9 de dezembro de 1992, com a finalidade de congregar os esforços dos moradores da localidade para promover o desenvolvimento social e econômico da região. No decorrer de sua existência, a entidade alcançou grandes feitos para a comunidade, entre eles a edificação do necrotério ecumênico. Atualmente, a entidade é composta por membros da comunidade e entidades relacionadas, como as comunidades Católica e Evangélica, Associação Esportiva e Recreativa, Associação Hídrica, Clube de Mães, entre outras.

“A indicação vem atender à solicitação da comunidade, que destaca-se como organizada e comprometida com os órgãos públicos. Proporcionar um espaço para o fomento de atividades sociais em benefício da comunidade e permitir o uso adequado do espaço doado pelo morador Benno Reis, é voltar um patrimônio em benefício para toda a localidade”, cita.