Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul

Poder Legislativo do Município de Santa cruz do Sul

Projeto de Lei do Legislativo Nº 32/L/2018

Dados do Documento

  1. Data do Documento
    24/05/2018
  2. Ementa
    Denomina via pública da zona urbana de Santa Cruz do Sul de Rua Edemar Renaldino Bender.
  3. Situação
    Em Tramitação
Desejo acompanhar o andamento em meu e-mail
PROJETO DE LEI Nº 32/L/2018, DE 24 DE MAIO DE 2018.
 
 
Denomina via pública da zona urbana de Santa Cruz do Sul de Rua Edemar Renaldino Bender.
 
 
Art. 1º A Rua 1 (Um), do Loteamento Residencial Alles, no Bairro Linha Santa Cruz, que se inicia na Avenida Prefeito Orlando Oscar Baumhardt e segue no sentido Leste até atingir a Área de Preservação Permanente 3 (Três) deste Loteamento, conforme mapa em anexo, passa a denominar-se Rua Edemar Renaldino Bender.
 
 
Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
 
          
Santa Cruz do Sul, 24 de maio de 2018.                                                 
 
                                                                      
ANDRÉ FRANCISCO SCHEIBLER                                                                                           
Vereador  - SD
 
 
JUSTIFICATIVA
 
Senhor Presidente,
 
Senhores Vereadores:
            
Estamos encaminhando o presente Projeto de Lei, pelo qual estamos propondo a denominação de uma via pública da zona urbana de Santa Cruz do Sul de Rua Edemar Renaldino Bender.
            
Seguem dados da vida do Sr. Edemar Renaldino Bender.
            
Nasceu em Santa Cruz do Sul no dia 15 de março de 1933 e faleceu aos 28 de julho de 2005. Foi casado com Lucy Kessler de cujo matrimônio nasceram dois filhos, Flávio Edemar Bender e Fernando Bender.
 
Sua vida profissional foi toda dedicada à música, seja como compositor, cantor, apresentador de programa na Rádio Santa Cruz, professor de música e regente.
 
Bendinha, como também era conhecido e chamado, começou como músico em final de 1947, tocando na "Orquestra Ideal", como gaiteiro, sendo seu pai maestro/proprietário. Neste mesmo período começou a lecionar acordeão.
 
Foi convidado a participar, para a parte musical, de um teatro, que foi apresentado por alguns meses em Santa Cruz do Sul. Neste período foi convidado pela Rádio Santa Cruz a fazer um programa musical e, para tal, teria que formar um conjunto musical. Fundou, então, o conjunto "Seresteiros do Ritmo", tendo como integrante Rudi Kasper, mais conhecido por Kaspinha, e outros. Após, criou o grupo musical "Bendinha e Seu Conjunto", que mais tarde se coligou com o conjunto dos Irmãos Nyland, vindo surgir a "Orquestra Marabá", da qual foi, por muitos anos, maestro.
 
Após, passou  a integrar a "Orquestra Jatiba", como trombonista, pianista e gaiteiro, e foi, por muitos anos, Maestro da mesma. Participou de diversas excursões da "Orquestra Cassino", sendo fundador do "Conjunto Supremo". Ajudou a formar um conjunto feminino, que fez o maior sucesso nos anos sessenta. Era o conjunto "Sete Brasas”. Mas seu maior sucesso foi a criação do conjunto musical "BC - 7 Show", que, por mais de 20 anos, animou bailes e festas em todo o Rio Grande do Sul e em  outros Estados.
 
Como professor, ministrou aulas de música desde 1948, tendo fundado a "Academia de Música Supremo", que durante muitos anos ensinou música a milhares de alunos. Nos anos 60, foi convidado pelo Sr. Hainy Martin a reativar a "Banda do Colégio Mauá", ficando encarregado dos sopros e arranjos musicais. Em seguida, foi convidado também pelo Colégio Mauá a tornar-se professor de música, tendo lecionado por mais de 20 anos. Durante este período, foi fundador dos "Pequenos Cantores", "Orquestra Mirim", "Orquestra Juvenil" e a "Grande Orquestra do Colégio Mauá", esta em conjunto com o maestro Eugênio Wuensch.
 
Há de ressaltar que foi o ganhador do concurso para a escolha do Hino do Centenário de Caxias do Sul, juntamente com o professor Guido Seffrin.
 
Solicitamos, portanto, que os colegas Vereadores e Vereadoras aprovem este Projeto de Lei, através do qual é reconhecida a importância do Sr. Edemar Renaldino Bender, sendo também uma forma eternizar o seu nome e homenagear os seus familiares.
 
 
Santa Cruz do Sul, 24 de maio de 2018.
 
                                                                    
ANDRÉ FRANCISCO SCHEIBLER                                                                                        
Vereador  - SD